Professores da UFS rejeitam contraproposta e decidem manter greve

A assembleia ocorreu na manhã desta quarta-feira, 22 (Foto: Ascom/Adufs)

O corpo docente da Universidade Federal de Sergipe (UFS) anunciou que a greve dos professores continua. Em Assembleia Geral realizada na manhã desta quarta-feira, 22, a categoria rejeitou a contraproposta do Governo Federal e manteve a paralisação das atividades.

De acordo com a Associação dos Docentes da Universidade Federal de Sergipe (ADUFS), a assembleia foi realizada a fim de discutir a contraproposta do Executivo Federal, apresentada em Mesa Nacional no dia 15 de maio. A execução da análise da proposta federal foi orientada pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN).

Reivindicações da categoria

Conforme a Adufs, os professores reivindicam pautas como o reajuste de 22,5% divididos nos anos de 2024, 2025 e 2026. Também são lutas da categoria a recomposição do orçamento nas universidades federais,avanços na carreira e equiparação dos auxílios.

Ainda de acordo com a associação, vai ocorrer nesta quinta-feira, 23, a primeira reunião com a Reitoria da UFS para discutir a suspensão do calendário acadêmico de Graduação e Pós-Graduação. Além de uma nova assembleia, que deve ocorrer nesta sexta-feira, 24, para analisar as próximas etapas.

Por Carol Mundim e Verlane Estácio

Publicidade!

Ueslei

Inove Academia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here