Polícia Civil indicia um terceiro motorista, apontado como o causador do acidente com cinco mortes em Lagarto

A Delegacia Regional de Lagarto divulgou nesta terça-feira (30), que concluiu o inquérito policial que investiga um acidente de trânsito ocorrido no último dia 14 de abril, no município lagartense, e que vitimou cinco pessoas. De acordo com os elementos investigativos colhidos, o sinistro foi provocado por uma junção de fatores, primordialmente uma ultrapassagem proibida realizada por um dos três condutores envolvidos no fato.

A apuração, inclusive com obtenção de imagens, mostra que três veículos estiveram envolvidos na ocorrência na rodovia estadual SE 270: o Fiat Uno, de cor branca, ocupado pelas vítimas; um Hyundai Vera Cruz preto; e um Voyage cinza escuro. Os levantamentos policiais registram que o Voyage ultrapassa o carro das vítimas, sentido de Salgado para Lagarto, e vai de encontro ao veículo Hyundai Vera Cruz, que seguia na direção de Lagarto para Salgado, e este acaba colidindo lateralmente com o automóvel Fiat Uno das vítimas.

O delegado Lucas Chagas, responsável pelo caso, relata que o acidente acabou deixando cinco vítimas, sendo uma delas uma criança. “Na ocasião, dois veículos colidiram frentalmente, causando a morte, em primeiro momento, de duas pessoas. Posteriormente, outras duas pessoas, que estavam hospitalizadas, foram a óbito. Na semana passada, uma criança, que também estava hospitalizada, chegou a falecer. Todos resultados dessa colisão”, detalhou.

Lucas Chagas também explica como ocorreram as diligências policiais. “No decorrer das investigações, a Polícia Civil elucidou que o terceiro veículo teria sido o causador do acidente. O condutor foi identificado e conduzido à Delegacia para interrogatório, e o seu veículo foi levado à Perícia Técnica. Os outros veículos envolvidos no acidente também foram levados à Perícia Técnica”, complementou.

Diante do que foi apurado, a Polícia Civil, em conformidade com a legislação penal, solicitou à Justiça medidas preventivas e cautelares contra os envolvidos no caso. Com conclusão do laudo pericial, a Polícia Civil finalizou o inquérito policial e o encaminhou ao Poder Judiciário. Além disso, também chegou ao responsável pelo terceiro veículo, requisitando a perda de seu direito de dirigir.

A Polícia Civil do Estado de Sergipe reforça os cuidados na condução de veículo automotor, dentre eles o de utilizar sempre o cinto de segurança; não dirigir após consumir bebidas alcoólicas; respeitar a sinalização de trânsito e os limites de velocidade e não realizar ultrapassagens em locais proibidos pela legislação de trânsito. Fonte:SSP/SE

Publicidade!

Ueslei

Inove Academia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here