Procedimento cirúrgico inédito de reimplante de mão é realizado no Huse

Foto: Flávia Pacheco

O Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse) realizou o primeiro procedimento cirúrgico de reimplante de mão na unidade hospitalar. Referência na área de traumato-ortopedia no estado e municípios da Bahia e de Alagoas, o hospital recebeu o paciente no último domingo, 21. A intervenção, que durou cerca de 10 horas, está entre os mais de 50 procedimentos realizados, desde o último sábado, 20, no equipamento de saúde.

Anderson Pereira, 36 anos, que foi encaminhado do município de Pedro Alexandre, na Bahia, teve a mão atingida por uma arma branca, que causou a amputação traumática do punho. O paciente foi atendido pelo médico Alex Franco, especialista em mão e membro superior e microcirurgia reconstrutiva, que atua no Huse há dois anos.

“Eu estava na sala cirúrgica para outro procedimento e fui solicitado para verificar a viabilidade de preservação do membro para este paciente. Foi uma surpresa para ele porque achava que teria a mão amputada. Isso representa muito para o paciente e para a gente que atua pelo bem de cada paciente”, comentou o médico.

O especialista explicou a complexidade do procedimento. “É uma intervenção que exige bastante de toda a equipe, que sempre é muito comprometida. Realizamos toda a reconstrução de artérias e veias. Foram mais de 20 tendões reparados, além do osso e, por fim, a pele. Lembrando, que tudo isso também só foi possível por conta dos cuidados com o membro atingido, neste caso a mão, que precisa estar mantido em gelo durante todo o tempo”, enfatizou.

O paciente passa agora por cuidados pós-cirúrgicos e acompanhamento específico. “O risco de perder o transplante diminui com o passar do tempo. Os cuidados agora seguem para a cicatrização e alta hospitalar. Ele precisará passar por um grande processo de recuperação”, enfatizou o médico.

Já no processo pós-cirúrgico, Anderson destacou a alegria de saber que o procedimento foi um sucesso. “Estou muito feliz por ter a minha mão de volta. Fui ao hospital da minha cidade e me encaminharam ao Huse. Pensei realmente que iria perder a minha mão mas, graças a Deus e toda a equipe, tenho a minha mão de volta. Comentaram que só teria esse médico para colocar a minha mão no lugar e fico muito emocionado. Agradeço muito, foi uma esperança renovada”, contou o paciente.

Cirurgias ortopédicas

Além de Anderson Pereira, que foi atendido prontamente e encaminhado ao Centro Cirúrgico, mais 50 procedimentos já foram realizados desde o último sábado, 20, no Hospital de Urgências de Sergipe, quando foi implementado o Plano de Ação para otimização de cirurgias ortopédicas.

As ações efetivas envolveram transferências para a realização da cirurgia em unidades contratualizadas, como o Hospital Cirurgia e Hospital Amparo de Maria, além das cirurgias realizadas no Huse, com a ampliação do número de procedimentos e equipe ortopédica. Para intensificar a transferência dos pacientes, o Hospital de Urgências contou com o suporte de ambulâncias cedidas pela Polícia Militar de Sergipe.

Ao longo de todo o mês de abril, até o dia 19, foram realizadas 138 cirurgias ortopédicas no Huse.

Fonte: Huse

Publicidade!

Ueslei

Inove Academia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here