Quatro pessoas foram presas pela PM por violação da Lei Maria da Penha no agreste sergipano

No último sábado (19), policiais militares do 3º Batalhão de Polícia Militar prenderam quatro homens enquadrados na Lei da Penha, nos municípios de Itabaiana e Campo do Brito, região do Agreste Central sergipano.

No bairro Rotary, em Itabaiana, por volta das 12h, a guarnição foi solicitada para atender uma ocorrência em que uma mulher teria sido agredida por seu ex-marido. Chegando ao local, a vítima informou que estava numa festa quando percebeu a presença do agressor e saiu em direção a sua residência.

O homem perseguiu a vítima, agredindo-a física e verbalmente. A equipe policial localizou o agressor e o caso foi encaminhado à delegacia para a adoção das medidas cabíveis.

Nas proximidades da Igreja Matriz, no Centro de Itabaiana, a guarnição foi acionada para atender uma ocorrência de violação à Lei Maria da Penha. No local, a guarnição visualizou a vítima, com diversos hematonas no corpo, sentada na escada com seus pertences, chorando e bastante nervosa, afirmando que, após uma discussão com seu companheiro, foi agredida verbal e fisicamente (tapas, socos e chutes), além de ter sido impedida de sair da residência.

A vítima, queixando-se de dores no corpo, foi encaminhada ao Hospital Regional de Itabaiana para atendimento médico e, logo após, as partes foram levadas à delegacia.

Ainda em Itabaiana, no bairro Rotary, por volta das 20h, a guarnição foi acionada para atender mais uma ocorrência de violação da Lei Maria da Penha. A vítima informou que o seu ex-companheiro, por nao aceitar o fim do relacionamento, se recusou a sair de sua casa, proferiu palavras de baixo calão e a ameaçou com uma faca peixeira,  para que ela não pedisse apoio.

Diante do exposto, as partes foram levadas à delegacia para a adoção das providências necessárias.

Já no município de Campo do Brito, por volta das 21h, no Centro da cidade, a guarnição foi solicitada por uma mulher, informando que seu ex-companheiro foi até sua residência, fez ameaças de morte contra ela e sua mãe e quebrou a janela da casa com um facão.

As vítimas fugiram e a guarnição localizou o suspeito com a arma branca. Os envolvidos foram encaminhados à delegacia para adoção das medidas cabíveis. Fonte: PMSE

Publicidade!

Inove Academia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here