Reunião com SES e Ministério da Saúde discute fortalecimento do Núcleo de Vigilância Epidemiológica do Hospital Universitário de Lagarto

Desde 2018 o Hospital Universitário de Lagarto conta com Unidade de Vigilância em Saúde

Foto: HUL-UFS

O propósito da reunião foi discutir o aprimoramento do sistema de vigilância em saúde do Hospital Universitário de Lagarto (HUL-UFS/Ebserh), operacionalizado pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar, que tem por objetivo principal a detecção, o monitoramento, a notificação oportuna e a resposta imediata as potenciais emergências de saúde pública no âmbito hospitalar.

Presentes a enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica Hospitalar da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Sheila Lima, e a representante do Ministério da Saúde no RENAVE (Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica) do estado de Sergipe, Simone Melo.

Pelo HUL participaram do encontro a gerente de Atenção à Saúde e superintendente em exercício, Camilla Santana; o gerente Administrativo, Marconi Nascimento; a chefe do setor de Gestão da Qualidade e Vigilância em Saúde, Ana Libório; a chefe da unidade de Vigilância em Saúde, Adriana Lopes; e a chefe da unidade de Gestão de Riscos Assistenciais, Júlia Farias.

“O hospital de Lagarto tem infraestrutura, equipe comprometida, então a mensagem que eu quero deixar para os profissionais é que a unidade tem todas as condições de se tornar um hospital mesmo de referência no estado em termos de processo, de vigilância, de assistência de qualidade”, ressaltou Simone Melo, do Ministério da Saúde. “E a gente precisa colaborar para que isso aconteça”, complementou.

Para Sheila Lima, da SES, tratou-se mesmo de uma visita técnica para analisar a situação do HUL em relação as ações de vigilância epidemiológica. “E tentar fortalecer os dados, pensando em indicadores de perfil epidemiológico hospitalar, mortalidade, sistemas de informação”, observou. “E que essas informações façam parte de indicadores para planejamento de ações visando melhorias em relação ao hospital, e pensando também na população assistida na regional de saúde”, disse.

Camilla Santana, gerente de Atenção à Saúde e superintendente em exercício, lembrou que a presença das representantes da SES e do Ministério da Saúde, e as discussões e orientações daí decorrentes, concorre para o aprimoramento do sistema de vigilância em saúde da unidade hospitalar. “Elas tiveram a oportunidade de conhecer o nosso trabalho, o que é realizado, e aqui eu parabenizo toda a equipe de qualidade, segurança do paciente e vigilância aqui do hospital, que nos traz a possibilidade no seu dia a dia de fazer essa coleta dessas informações junto com a nossa equipe assistencial”, enfatizou. “E elas conseguiram visualizar o quanto o nosso banco de dados do hospital é rico e possibilita ser referência para todo o estado”, observou.

Para Ana Libório, chefe do Setor de Gestão da Qualidade e Vigilância em Saúde, a visita foi vista como uma excelente oportunidade para apresentar o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Unidade de Vigilância em Saúde, desde 2018, ano em que ocorreu a sua criação. “A Vigilância em Saúde foi fortalecida a partir da instituição do Núcleo de Vigilância Hospitalar e tem uma atuação bastante estratégica, uma vez que corrobora diretamente com o planejamento de ações e com o processo de tomada de decisão em tempo oportuno, resultando no aprimoramento contínuo dos processos de trabalho”, reforçou.

Fonte: HUL-UFS

Publicidade!

Ueslei

Inove Academia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here