Sergipano morre após ser esfaqueado por colega de trabalho em frigorífico no Paraná

Segundo a família, a previsão é que o corpo chegue ao estado no início da tarde desta sexta-feira.

O sergipano David Edson Leite Santos, de 35 anos, morreu na última terça-feira (30), após ser esfaqueado por um colega de trabalho em um frigorífico na cidade de Capanema, no Paraná. O suspeito foi preso pela Polícia Militar depois de ter ser sido contido por funcionários da empresa.

Segundo o irmão da vítima, Danyson Leonardo Leite Santos, ele era natural de Aracaju, casado e pai de três filhos, e havia se mudado para o Paraná no início do mês de maio, com um grupo de sergipanos que foi trabalhar no local. Entre eles, o suspeito de cometer o crime.

Ainda de acordo com Danyson, a família soube do crime, que aconteceu no dia 27 de maio, por um colega de quarto da vítima que foi até o hospital onde David ficou internado até a morte.

“A empresa só fez contato para dizer que ele estava morto e pedir a documentação. Não nos deu suporte para ir até lá e acompanhar o translado do corpo, que está sendo custeado pelo seguro do frigorífico, mas que quando chegar aqui passa a ter todas as despesas pagas pela família”, lamentou.

A previsão é que o corpo do sergipano chegue ao estado no início da tarde desta sexta-feira (2), e que o sepultamento aconteça no Cemitério São João Batista, em Aracaju. Fonte:G1/SE

Publicidade!

Ueslei

Inove Academia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here