PC prende investigado por estelionato que gerou prejuízo estimado de R$ 920 mil

Crime era praticado com promessa de alto retorno financeiro em negócios digitais

O Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri) deu cumprimento ao mandado de prisão de Aloísio Anderson Oliveira da Silva, investigado por estelionato. Ele foi preso em Salvador, com o apoio do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Polícia Civil da Bahia. A prisão ocorreu nessa quinta-feira (11).

O prejuízo estimado é de R$ 920 mil e, ao menos, dez pessoas foram vítimas do crime praticado pelo investigado.

Segundo a delegada Lauana Guedes, a investigação foi iniciada em 2021. “O estelionato foi noticiado por diversas vítimas, que apontavam o mesmo autor. Segundo os noticiantes, o suspeito utilizava de seu poder de convencimento para cooptar pessoas para realizar investimentos financeiros vultosos com retorno financeiro em torno de 8%”, detalhou.

Conforme a delegada, as vítimas que sofreram prejuízo também foram ameaçadas pelo investigado. “Portanto, representamos por sua prisão preventiva, que foi deferida pelo judiciário sergipano, além de uma representação por busca e apreensão de alguns eletrônicos porventura encontrados em seu poder”, acrescentou.

Ainda segundo Lauana Guedes, em seu interrogatório, ele confessou que realizava esses investimentos na plataforma Forex. “E que se utilizava de uma empresa intermediária de negócios digitais para fazer a troca do real pelo dólar e que tudo era legalizado e que, portanto, esse esses prejuízos se deram em razão do risco do negócio”, informou.

O investigado encontra-se custodiado na Polícia Civil da Bahia, de onde será recambiado para Sergipe onde serão adotadas as demais medidas legais cabíveis ao caso. Fonte:PC/SE

Publicidade!

Inove Academia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here