MPT investiga 22 denúncias de assédio eleitoral em Sergipe

Trabalhador pode denunciar na sede do MPT ou através do site da instituição.

O Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) informou, nesta sexta-feira (28), que somente no mês de outubro recebeu 22 denúncias de assédio eleitoral – prática em que o empregador coage os funcionários a votarem em seus candidatos a cargos políticos.

Segundo o MPT, os inquéritos civis instaurados deram origem a quatro termos de ajustamento de conduta, dos quais dois foram firmados nesta quinta-feira.Nas investigações instauradas, já foram expedidas recomendações, orientando os denunciados a não persistirem nos ilícitos e se adequarem à Lei.

“Estamos surpresos com a quantidade de casos, nunca tivemos um número tão significativo como neste ano, mas o MPT-SE está investigando cada uma das denúncias para tomar as medidas cabíveis”, disse o procurador do trabalho, Mário Cruz.Segundo ele, as denúncias foram apresentadas tanto na sede do MPT-SE, localizada em Aracaju, quanto na Procuradoria do Trabalho no Município de Itabaiana (PTM), que abrange diversos municípios do interior do estado.Como denunciarO trabalhador pode procurar uma sede do MPT ou fazer a denúncia através do site da instituição.

No site, é possível escolher o estado, enviar informações e provas, além de fazer a denúncia de forma anônima.As denúncias também podem ser feitas no app MPT Pardal e ainda pelo telefone (79) 3226-9100. Fonte:G1/SE

Publicidade!

Ueslei

Inove Academia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here