PC cumpre mandado de prisão contra investigado por vender veículos adulterados em Lagarto e Cristinápolis

Ação também resultou na apreensão de dinheiro

Foto:SSP/SE

Policiais civis da Divisão de Repressão a Crimes Patrimoniais da Delegacia Regional de Lagarto, com o apoio da Delegacia de Cristinápolis, prenderam um homem investigado pela venda de veículos com adulteração de sinais identificadores na região Centro Sul de Sergipe.

De acordo com o delegado Bruno Alcântara, além da prisão, que ocorreu no último dia 10 de novembro, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao suspeito.“Nas buscas identificamos seis carros com sinais de adulteração dos sinais de identificação, que foram apreendidos, além de R$ 12 mil, sendo R$ 8,5 mil em dinheiro e R$ 3,5 mil em cheque”, detalhou.

Conforme o delegado, a investigação teve início há cinco meses, após a apreensão de uma motocicleta com restrição de roubo, que foi recuperada em Lagarto. “Após essa apreensão, foram ouvidas diversas pessoas até chegarmos ao suspeito de Cristinápolis”, citou.No curso da investigação, segundo o delegado, foi demonstrado que o investigado atuava como empresário no ramo de veículos, sendo este o responsável por trazer a motocicleta roubada no estado da Bahia e vendê-la em Sergipe.

“Em seguida, representamos pela prisão preventiva e buscas nos endereços do suspeito, que foram deferidas pelo Poder Judiciário e cumpridas pela Polícia Civil no último dia 10 de novembro”, explicou o delegado.

Após a apreensão dos veículos, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal na análise dos sinais de identificação dos veículos, foi constatado que os veículos possuem indícios de adulteração e que foram supostamente clonados. O investigado segue em prisão preventiva. Fonte:SSP/SE

Publicidade!

Inove Academia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here